“Eu te constituí como luz das nações para levares a salvação até os confins da terra” (At 13,47)
“Eu te constituí como luz das nações para levares a salvação até os confins da terra” (At 13,47)
Artigos

Mês de maio com a Madre Cecília

Publicado em 6 de maio de 2020 - 16:59:42

Estamos iniciando o mês de maio – tempo de especial de celebrações e louvores a Nossa Senhora: “Neste mês de alegria, tão lindo mês de flores, queremos de Maria, celebrar os louvores”.

Mais do que nunca, neste ano, nosso amor a Maria será intensificado, não só cantando seus louvores e glórias, mas numa atitude de entrega, de confiança e discipulado, assim como fez Madre Cecília. Ela deixou-nos a espiritualidade Mariana, como a herança mais preciosa, pois o Coração de Maria era, para ela, luz, amparo, escudo, mãe e mestra. A mais profunda inspiração de sua vida e de sua obra: “O Coração de Maria tudo proverá”.

A serva de Deus foi uma grande devota de Nossa Senhora. Sempre com o terço nas mãos, como a vemos nas fotos, e rezava, todos os dias, o santo Rosário, pela Igreja, pelas famílias e pela sua Congregação. Enquanto rezava, com certeza crescia seu amor à Virgem Santíssima.

Percebemos através das suas palavras, a experiência que nutria no seu íntimo e a confiança que incutia no coração de cada Irmã.

- “Seu Coração de Mãe vela por nós. Não tenha medo, procure fazer tudo direito e se apoie no Coração de Maria”.

- “Que o Coração de Maria nos ajude a nada de desânimo, para que o inimigo do bem não cante vitória”.

- “...a nossa Casa está estabelecida sobre o próprio Coração de Maria e portanto, nada devemos temer”.

Cada palavra da Madre Cecília tem um peso próprio, porque emerge da sua relação com Maria. Ela recebeu de Frei Luiz este Dom e penetrou profundamente neste Coração, nele encontrando direcionamento de vida, refúgio e amparo.

Consideremos por exemplo, estas palavras: “Seu Coração de Mãe vela por nós”. Como caminha, na vida, uma pessoa que tem certeza que Nossa senhora vela por ela? A criança cuja mãe vela, com certeza se sente em paz, confiante, feliz. Como nos diz o salmo 131: “Fiz calar e sossegar a minha alma; ela está em grande paz dentro de mim, como a criancinha bem tranquila, amamentada no regaço acolhedor da sua mãe”.

A experiência do ser MÃE levou, com certeza, a Madre Cecília a encontrar em Maria a Mãe de regaço acolhedor.

Ao mesmo tempo que Madre Cecília nos convoca à confiança, nos dá um conselho de mestra: “Procure fazer tudo direito e se apoie no Coração de Maria”. Vemos, neste conselho, que há uma compreensão muito real de que oração e ação caminham juntas. De nada adianta buscar apoio no Coração de Maria se nossas atitudes não são de sinceridade e retidão na prática dos nossos compromissos. Por isso Madre Cecília deixa claro ou supõe que a irmã com quem está falando vai fazer a sua parte, e assim poder contar com o apoio, com a bênção e proteção do Coração de Maria.

A fé esclarecida e confiante de Madre Cecília nos ajuda a compreender a importância de uma atitude de ânimo e coragem: “Que o coração de Maria nos ajude a nada de desânimo!” Nossa Mãe nos diz mais: “Nossa casa está estabelecida sobre o Coração de Maria. Nada devemos temer!” Que alicerce! Estamos sobre esta rocha firme: o Coração de Maria. Para bem caminharmos no mês de Maio, reflitamos as palavras da Madre Cecília, iluminadas pela mensagem de nosso Papa Francisco: “Neste mês, é tradição rezar o Terço em casa, com a família; dimensão esta – a doméstica –, que as restrições da pandemia nos «forçaram» a valorizar, inclusive do ponto de vista espiritual. Por isso, pensei propor-vos a todos que volteis a descobrir a beleza de rezar o Terço em casa, no mês de maio...há um segredo para bem o fazer: a simplicidade...

Queridos irmãos e irmãs, a contemplação do rosto de Cristo, juntamente com o Coração de Maria, nossa Mãe, tornar-nos-á ainda mais unidos como família espiritual e ajudar-nos-á a superar esta prova. Eu rezarei por vós, especialmente pelos que mais sofrem, e vós, por favor, rezai por mim. Agradeço-vos e de coração vos abençoo”. (Carta para o Mês de Maio)
 

Ir. Irma Madalena Calgarôto
Centro de Espiritualidade e Missão Madre Cecília. R. Boa Morte 1955. Piracicaba/SP, Cel. 983826548 E-mail: mcecilia.processo@fcmaria.org.br.

 

Horário de Funcionamento

Cúria Diocesana

Segunda a Sexta das 8h às 11h30 e das 13h às 17h.

Assessoria de Comunicação

Segunda a Sexta das 13h30 às 17h30 Diocese de Piracicaba

Diocese de Piracicaba

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis - Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP - Fone: 19 2106-7575
Desenvolvido por index soluções