“Eu te constituí como luz das nações para levares a salvação até os confins da terra” (At 13,47)
“Eu te constituí como luz das nações para levares a salvação até os confins da terra” (At 13,47)

“Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, eu estarei no meio deles” (Mt 18,20)

Junho/ 2020 - Edição 142 - Ano XIV

Desde o início da pandemia, provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), estamos vivendo em isolamento social. Como Igreja, somos convidados a celebrar o Dia do Senhor como igreja doméstica, com nossos familiares, em nossas casas. Além das missas dominicais, o fiel é chamado a rezar o terço e outras manifestações de fé junto à família.

Acolhendo a orientação das autoridades civis e sanitárias, a Igreja insiste para que os fiéis continuem em suas casas, evitando aglomeração de pessoas e vivenciado a Palavra de Deus junto à família, pois como ensina Jesus “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, eu estarei no meio deles” (Mt 18,20).

Em nossa Igreja Diocesana, muitas paróquias têm se utilizado das diversas mídias digitais (redes sociais) para a transmissão das missas dominicais e também durante a semana, além da oração do terço e da Adoração ao Santíssimo Sacramento.

O isolamento social não significa se isolar de Deus. Ao contrário, para muitas famílias está sendo vivenciar ainda mais a fé. Acompanhe o testemunho de algumas famílias de nossa diocese, que unidas têm celebrado a Palavra de Deus.


Assistimos as missas da nossa paróquia pelas redes ou pela TV Canção Nova. Aproveitamos esse momento em família para juntos fazermos a reza do Santo Terço e pedirmos a intercessão da Virgem Maria pelo nosso Papa, nosso clero, pela paz e fim da pandemia no mundo inteiro. É tempo e momento oportuno de desacelerar. A oração nos ajuda a crescer e permite que a ação de Deus aconteça em nossas vidas. (Selma Sturion Mazzucatto com o esposo Adilson Mazzucatto e os filhos Gustavo, Maria Paula e Pedro Mazzucatto - Paróquia São José/ Piracicaba)


Nesse tempo de pandemia, eu e meu esposo estamos acompanhando as celebrações pelos meios de comunicação, diariamente rezando o santo terço, com a intenção aos nossos familiares e por todo o mundo, porque acreditamos muito no que diz a Sagrada Escritura: "Tudo posso naquele que me fortalece" (Fl 4,13). Que possamos continuar unidos através da oração, da fé e confiança em Deus. (Rosemara Aparecida Soares da Silva Imposseto com o esposo José Carlos Imposseto - Paróquia Santa Cruz/Rio Claro)


Participamos da missa de nossa paróquia pelo Facebook e também do momento de adoração ao Santíssimo Sacramento pela TV Canção Nova.
A minha mensagem é que não vamos desanimar, mas, ao contrário, vamos buscar forças naquele que deu a vida para nos salvar, Jesus Cristo. Que nossa fé não seja abalada em nenhum momento, nem mesmo agora com essa pandemia.
(Roselene Maria Bueno Correa e o esposo Antonio Reginaldo Correa - São João Batista Precursor/ Piracicaba)


Neste tempo de Pandemia, devido ao Covid-19, nossa família tem vivido mais intensamente a experiência de Igreja Doméstica. De segunda a sábado, assistimos pela televisão a missa das 18h e, aos domingos, a missa de nossa paróquia, transmitida on line pelo Facebook. Além da Missa, buscamos rezar o terço todos os dias. Fizemos a Via Sacra no Tempo da Quaresma e realizamos, em nossa família, os Encontros da Pequena Comunidade, visto que não pudemos nos juntar aos demais membros, nesse tempo de isolamento social. Minha mensagem é que as famílias que ainda não fazem esta experiência, procurem vivê-la, pois a Igreja doméstica nos aproxima uns dos outros, além de nos aproximar ainda mais de Deus, e que isso perdure para depois desse tempo de confinamento. (Paulo Henrique da Silva com os pais Sebastião José e Aparecida de Fátima Bertolini da Silva - Paróquia Imaculada Conceição/ Santa Bárbara d’Oeste)


Estamos assistindo às transmissões da missa da paróquia, feitas pelo Facebook, aos domingos. Também, como agente da PASCOM, ajudo nas transmissões e na divulgação da programação da semana para os paroquianos, nos grupos de WhatsApp. Este é um momento de distanciamento social, mas não como membros da Igreja. Saibamos esperar no Senhor com esperança, fé e amor. Lembremos também em ajudar nossos irmãos necessitados, fazendo nossas doações, bem como o dízimo para manutenção da Igreja. (o casal Suzete e Juracy Scaravatti - Paróquia Santo Antônio/ Santa Bárbara d’Oeste) 

Horário de Funcionamento

Cúria Diocesana

Segunda a Sexta das 8h às 11h30 e das 13h às 17h.

Assessoria de Comunicação

Segunda a Sexta das 13h30 às 17h30 Diocese de Piracicaba

Diocese de Piracicaba

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis - Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP - Fone: 19 2106-7575
Desenvolvido por index soluções