“Eu te constituí como luz das nações para levares a salvação até os confins da terra” (At 13,47)
“Eu te constituí como luz das nações para levares a salvação até os confins da terra” (At 13,47)

Diocese de Piracicaba celebra ordenações diaconal e presbiteral

Fevereiro/ 2020 - Edição 138 - Ano XIV

Diocese celebra ordenação diaconal do seminarista Robson Natis 
 

Pelo gesto sacramental da imposição das mãos e prece de ordenação do bispo diocesano Dom Fernando Mason, o seminarista Robson Natis, de 38 anos, recebeu o sacramento da Ordem no grau do Diaconado. A celebração ocorreu em sua paróquia de origem, a Igreja Matriz da Paróquia São João Batista, em Rio Claro, no dia 12 de janeiro.

Robson escolheu como lema para sua ordenação diaconal o versículo do profeta Jeremias: "Não tenhas medo, pois estou contigo para defender-te" (Jr 1,8). Segundo ele, certa vez, um padre o ensinou que o projeto de serviço ao povo de Deus, na Igreja de Jesus Cristo, exige coragem e disposição para olhar, muitas vezes, para o modelo daquele que nos chama e reavivar em nós o ardor do primeiro chamado, do Kerigma da experiência com Deus.

Na procissão de entrada, Robson entrou acompanhado da fundadora da Pastoral da Criança na diocese, a sra. Bergue Canto, e do seu tio Francisco Carlos Ferreira de Godoy. Ele estava visivelmente emocionado.

Amigos vindos de várias paróquias, onde Robson realizou trabalhos pastorais, lotaram o templo e participaram de uma celebração marcada pela emoção. Composta de diversos ritos que expressam a entrega do jovem ordenando a Jesus Cristo e à Igreja, a celebração foi presidida por Dom Fernando e concelebrada por padres e religiosos da diocese, além da presença de vários diáconos permanentes e seminaristas.

Na homilia, Dom Fernando parabenizou Robson pelo itinerário vocacional percorrido durante o período de formação. “Estamos felizes por este momento que você vive e agradecemos como diocese por você pertencer a ela e pelo seu sim”, enfatizou o bispo.

Ao final da celebração, o neo-diácono Robson agradeceu a presença e o apoio de todos em sua caminhada vocacional, principalmente nos momentos mais difíceis e lembrou com muita emoção de seus pais, Luís Natis e Sueli Fátima de Godoy Natis, que faleceram durante o período em que estava na formação para o sacerdócio. “Dedico este dia a eles, pois sei que estão intercedendo por mim junto ao Pai”, disse com olhos cheios de lágrimas.

Perfil - Robson Natis é natural da cidade de Rio Claro. Nasceu em 16 de abril de 1981, filho único do casal Luis Natis e Sueli Fátima de Godoy Natis, já falecidos. Iniciou sua caminhada vocacional na infância, atuando como acólito nas Paróquias Bom Jesus e São João Batista, ambas em Rio Claro. Aos 13 anos ingressou no aspirantado da Congregação Salesiana, em Pindamonhangaba (SP), onde permaneceu por dois anos. Decidiu se afastar da caminhada vocacional e nesse período cursou Direito na Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba). Após um período de discernimento, aos 30 anos ingressou no seminário diocesano. No ano de 2013, fez a caminhada no Propedêutico, no ano seguinte ingressou no Seminário de Filosofia e iniciou os estudos na PUC/Campinas. Por ter formação superior, conclui o curso em dois anos. Em 2016, ingressou no Seminário de Teologia, terminando a formação no final de 2019. Durante o período de formação, Robson realizou trabalho pastoral nas Paróquias São José, Senhor Bom Jesus e Santo Antônio, em Santa Bárbara d’Oeste e Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Rio das Pedras, além de atuar no Serviço Diocesano de Animação Vocacional.

Como diácono, Robson foi designado a realizar trabalho pastoral na Paróquia Santo Antônio (Sé Catedral), em Piracicaba. Sua ordenação presbiteral está marcada para 3 de maio, às 15h, na Sé Catedral, em missa solene presidida por Dom Fernando Mason.

 

Após cinco anos como diácono, Celso é acolhido no presbitério diocesano


Com o lema inspirado na palavra do apóstolo Paulo: “Vivo, não eu, Cristo vive em mim” (Gl 2, 20) e após muitos anos de espera, o diácono permanente Celso de Jesus Ribeiro pôde, finalmente, concretizar o sonho que sempre carregou no coração: ser padre! Aos 52 anos, Celso foi ordenado presbítero durante missa solene, no dia 26 de janeiro, na Sé Catedral Santo Antônio, por meio do gesto sacramental da imposição das mãos e prece de ordenação do bispo diocesano Dom Fernando Mason.

A Catedral ficou repleta de parentes, amigos e fiéis de diversas paróquias diocesanas. Todos acompanharam Celso, visivelmente emocionado, desde a procissão de entrada, ao lado de seus pais, Nair Granzoto Ribeiro e José Ribeiro. A Celebração Eucarística foi marcada por diversos ritos que expressaram o “sim” do neo-sacerdote para o serviço à Igreja e ao Evangelho de Jesus Cristo.

Após a proclamação do Evangelho e seguindo os ritos da cerimônia, o diácono foi apresentado ao bispo pelo ex-reitor do seminário diocesano de teologia, padre Antonio César Maciel Mota, que pediu ao nosso pastor que o ordenasse para função de presbítero, afirmando que ele foi considerado digno de pertencer ao presbitério diocesano.

Seguindo o ritual, Dom Fernando fez sua homilia e lembrou que o caminho percorrido pelo diácono Celso foi diferenciado, mas que a Luz vinda do Senhor o iluminou a escolher o estilo de vida presbiteral. “Jesus nos chama a servir a Igreja e o Evangelho. Você é ordenado para ser sacerdote para servir e pastorear a comunidade para que ela tenha vida em Jesus Cristo”, salientou o bispo.

Ao término da homilia, realizaram-se, efetivamente, os ritos de ordenação do neo-sacerdote que recebeu a imposição das mãos e preces do bispo diocesano e demais presbíteros, seguidas pelas promessas de obediência e fidelidade do novo presbítero ao bispo e à Igreja.

Um dos momentos marcantes da celebração: o diácono Celso foi revestido com as vestes sacerdotais pelos irmãos, também presbíteros, Antonio Francisco Ribeiro e José Carlos Tadeu Ribeiro. Em seguida, o neo-sacerdote foi apresentado publicamente como novo membro do presbítero diocesano.

Ao final da celebração, padre Celso agradeceu a presença de todas as pessoas, do clero diocesano, amigos e, principalmente, de seus pais e familiares. E, sem se esquecer de Maria, mãe do Senhor Jesus e nossa, consagrou sua vida sacerdotal a Nossa Senhora.

Padre Celso foi designado para servir a Igreja Diocesana como vigário paroquial na Paróquia Imaculada Conceição, na Vila Rezende, em Piracicaba.
 

Horário de Funcionamento

Cúria Diocesana

Segunda a Sexta das 8h às 11h30 e das 13h às 17h.

Assessoria de Comunicação

Segunda a Sexta das 13h30 às 17h30 Diocese de Piracicaba

Diocese de Piracicaba

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis - Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP - Fone: 19 2106-7575
Desenvolvido por index soluções