“Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura” Mc 16,15

Encontrar e acolher os migrantes

33ª Semana do Migrante: 17 a 24 de junho

 

A Igreja Católica no Brasil, baseada na Sagrada Escritura e através de sua Doutrina Social, instituiu as Pastorais Sociais a fim de suscitar e incorporar à sua missão espiritual a dimensão abrangente de contribuir progressiva e eficazmente para despertar e produzir, a partir da fé dos fiéis, opiniões e atitudes sócio transformadoras na sociedade. Tais serviços pastorais propostos por ela aos católicos, por meio de exercício de sua fé participativa, vivenciada e comprometida, têm a finalidade de gerar bem-estar social, ou seja, tornar visível os sinais do Reino de Deus já a partir deste mundo. Isto aponta, portanto, para a existência de uma Igreja fundamentalmente promotora dos bens espirituais, mas também inserida e atenta profeticamente na missão de promover, defender e cuidar para que a dignidade humana seja respeitada em todas as suas expressões. Este conjunto de ações sócio pastorais transformadoras deu origem à Campanha da Fraternidade, criada para ser inserida a partir do tempo quaresmal, bem como à Semana Nacional do Migrante, uma importante atividade sócio pastoral proposta para ser celebrada na terceira semana de junho de cada ano.

Recentemente o Papa Francisco lançou a campanha mundial chamada “Compartilhe a Viagem”. Esta importante e atual iniciativa do nosso Papa tem a finalidade de sensibilizar a Igreja para que ela se comprometa e suscite na fé dos fiéis iniciativas de caminharem solidariamente com a realidade dos migrantes e imigrantes no mundo. Por palavras e gestos proféticos, o Papa convoca mulheres e homens de boa vontade a serem parceiros de suas preocupações misericordiosas em relação às pessoas deslocadas por diversos motivos. Comunicativo e iluminado pelo Espírito Santo, em nome de toda a Igreja, ele se dirige de forma objetiva à opinião pública mundial para que os migrantes sejam acolhidos sem reservas. Utilizando-se de uma linguagem pedagógica, Francisco propõe-nos que tomemos iniciativas dinâmicas baseadas em quatro verbos: acolher, proteger, promover e integrar os migrantes e refugiados que vivem sem abrigo e em perigo. Suas orientações convidam a Igreja e suas organizações para que apoiem decididamente a comunidade internacional na busca de melhorias globais e orgânicas oferecidas aos milhões de migrantes que existem atualmente no mundo. Este é o campo de ação da Pastoral que cuida da Mobilidade Humana no mundo inteiro, inclusive em nossa diocese.

Diante deste contexto global, a Pastoral do Migrante Nacional convoca-nos a rezar e a refletir sobre os conteúdos propostos por ela durante a realização da 33ª Semana do Migrante deste ano, que acontecerá de 17 a 24 de junho. O Dia Nacional do Migrante será celebrado em 24 de junho.

Juntamente com o Papa Francisco, todos somos motivados por esta Campanha a caminhar com os migrantes. “A vida é feita de encontros” é o tema desta Semana, fomentado pelo lema norteador “braços abertos sem medo para acolher!”. As paróquias da nossa diocese estão convidadas a entrar neste clima acolhedor para visibilizar a presença dos migrantes e imigrantes em seu meio e com eles celebrar o dom da fé, as contribuições de seus trabalhos e a beleza da diversidade cultural que eles proporcionam à Igreja e à economia da região. As migrações provocam um modo intercultural de ser Igreja. Deixe-se contagiar por isso! Então, em atenção ao Papa Francisco, queremos estar envolvidos e bem unidos para intensificar em nossas paróquias esforços para consolidarmos aquele agradável jeito que temos de construirmos uma ‘cultura do encontro’ intercultural mediante nossos ‘braços abertos para acolher’. Procure saber onde estão morando os migrantes temporários ou já fixos em seu bairro. Faça uma visitinha de boas-vindas a eles e convide-os a participar e inserir-se na sua comunidade. Você e eles sentir-se-ão muito felizes e realizados por esse jeito de expressar que a vida deve ser mesmo feita de belos e simples gestos para realizar momentos de ‘encontros’. Os resultados aparecerão como verdadeiros prêmios!

A secretaria diocesana da Pastoral da Mobilidade Humana está na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, na cidade de Rafard. Há material à disposição para que sua paróquia não deixe passar em brancas nuvens este período celebrativo proposto. Mais informações pelo e-mail sspm.nac@terra.com.br ou secretaria.spm.nac@terra.com ou pelo WhatsApp (19) 99695-2555.


Pe. Antonio Garcia Peres Neto (CS) é Animador Diocesano da Pastoral da Mobilidade Humana

Onde estamos

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis
Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP
Fone: 19 2106-7575
Falar Conosco

Horários de Funcionamento

Cúria Diocesana

Segunda à Sexta das 08h às 11:30 e das 13h às 17h.

Assessoria de Comunicação

Segunda à Sexta das 13:30 às 17:30

Diocese de Piracicaba