“Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura” Mc 16,15

Quaresma: tempo de olhar para a cruz e de conversão

Com as celebrações ocorridas na quarta-feira de Cinzas, em 14 de fevereiro, em todas as paróquias da diocese, a Igreja deu início ao tempo da Quaresma. Na Sé Catedral Santo Antônio a missa de Cinzas foi presidida pelo bispo Dom Fernando Mason e concelebrada pelo vigário geral e pároco da Catedral, monsenhor Ronaldo Francisco Aguarelli e pelos padres Danilo Rubia Soares e Claudemir da Silva.

Tempo em que todos os cristãos são chamados à conversão, em preparação para a Semana Santa e do Tríduo Pascal. Este é o momento litúrgico mais significativo para os Católicos. Como nos lembra Papa Francisco em sua mensagem para a Quaresma (ver nesta página), este é o tempo de jejum, oração, penitência e conversão. Dedicar mais tempo à oração, possibilita ao nosso coração descobrir as mentiras secretas com que nos enganamos e que precisamos da consolação em Deus.

É também na Quaresma que a Igreja reflete com maior intensidade o tema e o lema da Campanha da Fraternidade, que este ano traz o tema “Fraternidade e superação da violência”, e lema “Vós sois todos irmãos” (cf. Mt 23,8). Infelizmente a violência está cada vez mais presente em nossa vida cotidiana e muitas vidas foram e continuam sendo ceifadas, principalmente de crianças e jovens, que tiveram sua história interrompida. A CF chama os cristãos à reflexão sobre o cenário atual e conclama a todos, sociedade civil e poder público, para a construção de uma sociedade mais fraterna. “Para nós, esse ano, o paradigma daquele que supera a violência é o Cristo Crucificado que perdoa os seus algozes”, explica o coordenador Diocesano de Pastoral, padre Kleber Fernandes Danelon.

Visando essa reflexão, na diocese, como ocorre todos os anos, foram realizados encontros de formação nas sete regiões. A formação contou com a participação de mais de 1.200 agentes de pastorais que agora são multiplicadores das informações recebidas nos encontros que serão realizados neste período quaresmal nas paróquias, capelas, comunidades, pastorais e outros organismos.

SEMANA SANTA – O tempo da Quaresma propõe conversão e reconciliação com Deus, com a Igreja e com todos os irmãos. É neste tempo oportuno que somos chamados a repensar nossa postura como cristãos e assim nos prepararmos para a Semana Santa e para a Ressurreição do Senhor Jesus. Este é o momento litúrgico mais significativo para os católicos. A caminhada quaresmal começa na Quarta-feira de Cinzas e se encerra na véspera da Quinta-feira da Semana Santa. Este ano, a Semana Santa será celebrada de 25 de março a 1º de abril, tendo como ápice o Tríduo Pascal (Quinta, Sexta-feira Santa e Sábado) e a Ressurreição do Senhor Jesus na Vigília Pascal e no domingo de Páscoa.

Dentro da programação da Semana Santa, acontecerá na Sé Catedral Santo Antônio, em Piracicaba, na quarta-feira Santa, dia 28 de março, às 20h, a Missa do Crisma, também chamada “Missa dos Santos Óleos”, pois é nela que são abençoados os óleos dos Catecúmenos e dos Enfermos, e também é consagrado o óleo do Crisma.

A celebração será presidida por Dom Fernando e concelebrada por todos os párocos e demais sacerdotes diocesanos e religiosos, além dos diáconos permanentes e representantes de todas as comunidades paroquiais da diocese. Nessa missa os padres realizam a renovação dos compromissos sacerdotais.

Neste dia também serão conhecidos os vencedores do concurso do Logotipo e do Hino oficiais para o Jubileu de Brilhante (75 anos) da Diocese de Piracicaba que será celebrado em 2019.

Onde estamos

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis
Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP
Fone: 19 2106-7575
Falar Conosco

Horários de Funcionamento

Cúria Diocesana

Segunda à Sexta das 08h às 11:30 e das 13h às 17h.

Assessoria de Comunicação

Segunda à Sexta das 13:30 às 17:30

Diocese de Piracicaba